Visite em São Paulo

MUSEUS

Arte, história, ciência, quer explorar o quê? São Paulo oferece abriga mais de cinquenta opções de museus, sem contar exposições e eventos. Quais você já visitou?

  • AVENIDA PAULISTA

    Aos domingos e feriados a Avenida Paulista é fechada para carros e os pedestres tomam conta da Consolação ao Paraíso. Em toda sua extensão shows, brincadeiras, barracas, artesanato, performances, passeios de bicicleta levam os paulistanos a descobrirem centenas de formas de divertimento gratuito e saudável. Tem programa para todas as tribos e para toda a família

    Avenida Paulista - da Consolação ao Paraíso

    DOM E FERIADOS: 9h às 17h

  • PICO DO JARAGUÁ

    O Pico do Jaraguá é o ponto mais alto de São Paulo (altitude de 1.135 metros). Localizado a oeste da serra da Cantareira, pode ser acessado por via asfaltada (Estrada Turística do Jaraguá) ou através da Trilha do Pai Zé (1.450 metros de extensão). No topo, há duas grandes antenas, sendo uma de televisão, compartilhada por 3 emissoras: TV Globo São Paulo, TV Bandeirantes São Paulo e TV Cultura. No seu entorno está o Parque Estadual do Jaraguá, projetado para conservação da área.

    Rua Antonio Cardoso Nogueira, 539 - Vila Chica Luisa

    TDS DIAS: 7h às 17h

  • FEIRA DA BENEDITO CALIXTO

    A Feira da Praça existe desde 198. Hoje é considerada ponto de referência intelectual, cultural e faz parte do calendário turístico e de lazer de São Paulo. Todos os sábados 320 expositores, com artesanato variado, obras de arte e antiguidades, além da praça de alimentação se reúnem atraindo frequentadores que passam o dia no local.

    Praça Benedito Calixto - Pinheiros

    SAB: 9h às 17h

  • MERCADO MUNICIPAL DE PINHEIROS

    Mercado Municipal Engenheiro João Pedro de Carvalho Neto, mais conhecido como Mercado Municipal de Pinheiros, foi inaugurado em 10 de agosto de 1910. Nesta época, o mercado funcionava onde hoje é a Avenida Brigadeiro Faria Lima, próximo ao Largo da Batata, e era conhecido como “Mercado dos Caipiras”, devido à sua utilização por comerciantes e produtores do interior de São Paulo. Em 1971 foi reinaugurado no atual endereço e abriga 4.000 m² de área de vendas. Tem de tudo, mas também especialidades como pizza frita! Ttípica de Nápoles. Conta com empório de cervejas especiais, cevícheria e até uma loja vitrine de Alex Atala. Tudo isso em meio a frutas e lojas.

    Rua Pedro Cristi, 89 - Pinheiros

    SEG-SAB: 8h às 18h

  • MERCADO MUNICIPAL DA LAPA

    O Mercado Municipal da Lapa (oficialmente Mercado Municipal Rinaldo Rivetti), foi inaugurado em 24 de agosto de 1954, ano em que se comemorava o 4° centenário de São Paulo. É um importante ícone, e ponto turístico da região da Lapa. O prédio de forma triangular foi considerado, na época, um dos mais modernos e recebeu elogios de engenheiros de outros países da América Latina. Com uma área construída de 4.840 m², só havia 40 boxes prontos dos 160 planejados, a maior parte deles ocupados por comerciantes de um extinto mercadinho da Rua Clélia, quase todos imigrantes recém-chegados da Europa, principalmente da Itália.

    Rua Herbart, 47 – Lapa

    SEG-SEX: 8h às 19h | SAB: 8h às 18h

  • MERCADÃO

    Mercado Municipal Paulistano é um dos mais tradicionais pontos gourmet da cidade.CCarinhosamente conhecido pelos seus frequentadores como Mercadão, oferece a maior variedade de frutas frescas, carnes, aves, peixes e frutos do mar, massas, doces, especiarias e produtos importados de primeira linha. Passeio obrigatório para explorar o turismo gastronômico da cidade.

    Rua Cantareira, 306 - Centro

    SEG-SAB: 6h às 17h

  • PINACOTECA (PINA LUZ)

    A Pinacoteca de São Paulo é um museu de artes visuais com ênfase na produção brasileira do século XIX até a contemporaneidade. Fundada em 1905 pelo Governo do Estado de São Paulo é o museu de arte mais antigo da cidade. Ela está instalada no antigo edifício do Liceu de Artes e Ofícios, projetado no final do século XIX pelo escritório do arquiteto Ramos de Azevedo. O acervo original da Pinacoteca foi formado com a transferência de 20 obras do Museu Paulista da Universidade de São Paulo de importantes artistas da cidade como Almeida Júnior, Pedro Alexandrino, Antônio Parreiras e Oscar Pereira da Silva. Com o passar dos anos formou um significativo acervo, com quase 10 mil obras. Desde 2006 a Pinacoteca é administrada pela Associação Pinacoteca Arte e Cultura. Atualmente realiza cerca de 30 exposições e recebe aproximadamente 500 mil visitantes por ano.

    Praça da Luz, 2

    QUA-SEG: 10h às 17h30 | FECHADO: TER

  • PRAÇA DAS ARTES

    A Praça das Artes é um complexo cultural dedicado à música, dança, ao teatro e exposições. É sede da Escola de Dança e da Escola Municipal de Música de São Paulo, além de abrigar grupos artísticos da Fundação Theatro Municipal de São Paulo. Criada como extensão das atividades do Theatro Municipal suas características arquitetônicas indicam que sua vocação vai além da música e dança eruditas. Em contraponto à arquitetura e tradição do Theatro, a Praça conecta-se à cidade e busca apresentar, principalmente, iniciativas contemporâneas nas artes.

    Foto Nelson Kon

    Av. São João, 281 - Centro

    TER-SEX: 10h às 20h | SAB-DOM: 10h às 18h | FECHADO: SEG

  • SALA SÃO PAULO

    A Sala São Paulo é uma sala de concertos onde ocorrem apresentações sinfônicas e de câmara. Faz parte do Centro Cultural Júlio Prestes, na antiga Estação Júlio Prestes, uma histórica estação ferroviária. A Sala São Paulo é a casa da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e, além da temporada anual da Orquestra e seus grupos, recebe ainda concertos e eventos de diversas outras instituições. Para que o público possa conhecer todos os detalhes do prédio e da sala de concertos, a Visita Monitorada à Sala São Paulo acontece nos intervalos dessas atividades.

    Praça Júlio Prestes, 16 - Campos Elíseos

    VISITAS: agendadas via e-mail visita@osesp.art.br ou do telefone 11 3367-9573 (das 10h30 às 17h30)

  • SOLAR DA MARQUESA DE SANTOS

    Partindo do Páteo do Colégio, os primeiros povoadores ocuparam os terrenos vizinhos, construindo suas moradias e formando as primeiras ruas da cidade. Alí o Solar da Marquesa de Santos raro exemplar de residência urbana do século XVIII. Não há dados precisos sobre a data de construção desse imóvel. Em 1802, foi dado como pagamento de dívidas ao Brigadeiro José Joaquim Pinto de Morais Leme, primeiro proprietário documentalmente comprovado. A Marquesa de Santos, Domitila de Castro Canto e Melo, foi a proprietária entre 1834 e 1867, adquirindo o imóvel da herdeira do Brigadeiro Leme. A partir de então, tornaram-se famosas as festas ali realizadas, e o imóvel passou a ser conhecido como Palacete do Carmo, uma das residências mais aristocráticas de São Paulo. Com sua morte, a propriedade da casa passou para seu filho, o Comendador Felício Pinto de Mendonça e Castro.

    Rua Roberto Símonsen, 136 - Centro

    TER-DOM: 9h às 17h | FECHADO: SEG

  • THEATRO MUNICIPAL

    O Theatro Municipal de São Paulo é um dos mais importantes teatros do Brasil e um dos cartões postais da cidade de São Paulo. Foi inaugurado em 1911 para atender ao desejo da elite paulista da época, que queria que a cidade estivesse à altura dos grandes centros culturais. Seu estilo arquitetônico é semelhante ao dos mais importantes teatros do mundo e foi inspirado na Ópera de Paris. Além de sua importância arquitetônica, o teatro também possui notabilidade histórica, pois foi palco da Semana de Arte Moderna, o marco inicial do Modernismo no Brasil.

    Praça Ramos de Azevedo, s/n - República

    VISITAS: QUA-SAB: 11h, 14h e 15h Inscrição individual presencialmente no guichê ao lado da bilheteria, uma hora antes do horário da visita, por ordem de chegada.

  • ZOOLÓGICO DE SÃO PAULO

    Poucas experiências são tão significativas para adultos e crianças quanto uma visita ao Zoológico. Apreciar a diversidade da fauna cria um vínculo poderoso e universal com a natureza. Aproximadamente 10% da população do mundo visita um zoológico ou aquário a cada ano. Desde sua abertura em 1958, o Zoológico de São Paulo já recebeu mais de 85 milhões de visitantes. Localizado em uma área de 824.529 m² de Mata Atlântica, o parque aloja nascentes do histórico riacho do Ipiranga, cujas águas formam um lago que acolhe exemplares de aves de várias espécies, além de aves migratórias. Assim como o lago, a mata abriga animais nativos de vida livre, formando maravilhosa fauna paralela. Por meio da exibição de mais de 3.000 animais, representados por espécies de mamíferos, aves, répteis, anfíbios e invertebrados, o Zoológico de São Paulo promove a conscientização do público sobre as diversas formas de vida sobre a Terra.

    Av. Miguel Estefno, 4241 - Vila Santo Estefano

    SEG-DOM: 9h às 17h

  • MONUMENTO AS BANDEIRAS

    O Monumento às Bandeiras é uma obra em homenagem aos Bandeirantes, que desbravaram os sertões durante os séculos XVII e XVIII. Inaugurado em 25 de janeiro de 1953, como parte das comemorações do IV Centenário da cidade de São Paulo. O Monumento está localizado no Parque do Ibirapuera, na Praça Armando de Salles Oliveira. A obra é do escultor Victor Brecheret, que fez o desenho em 1920. Por conta de uma série de questões políticas do país, a obra só foi concretizada 33 anos depois, às vésperas do IV Centenário da capital paulista de 1954. Com 58 anos, Victor Brecheret não quis esperar o ano seguinte e finalizou a obra no ano de 1953.

    Praça Armando de Sales Oliveira - Parque Ibirapuera

    ABERTO 24 HORAS

  • CENTRO CULTURAL OLIDO

    Administrado pela Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, o Centro Cultural Olido é um espaço cultural que contempla as diversas linguagens artísticas, como: música, dança, teatro, cinema, artes visuais, e outras. Além de cinema com capacidade para 236 pessoas, o local conta com duas salas de espetáculo (uma exclusiva para dança), dois andares expositivos, o Centro de Memória do Circo e um ponto de leitura.

    Avenida São João, 473 Térreo ao 2º andar 3331-8399 ou 3397-0171

    TER-SEX: 10h às 21h | SAB-DOM: 13h às 21h | FECHADO: SEG

  • MONUMENTO À INDEPENDÊNCIA

    O Monumento à Independência do Brasil, também chamado de Monumento do Ipiranga ou Altar da Pátria, é um conjunto escultórico em granito e bronze pertencente ao Parque da Independência. Localiza-se na cidade de São Paulo, às margens do Riacho do Ipiranga, no lugar histórico onde D. Pedro I teria proclamado a independência do Brasil do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves em 7 de setembro de 1822. O Monumento foi inaugurado como parte das comemorações ao centenário da independência, em 1922, embora tenha sido concluído apenas quatro anos depois.

    Praça do Monumento, s/nº - Ipiranga

    ABERTO 24 HORAS

  • OBELISCO DE SÃO PAULO

    Obelisco Mausoléu aos Heróis de 32, também conhecido como Obelisco do Ibirapuera ou Obelisco de São Paulo, é um monumento funerário, símbolo da Revolução Constitucionalista de 1932. É o maior monumento da cidade possuindo um total de 72 metros de altura, projetado pelo escultor ítalo-brasileiro Galileo Ugo Emendabili (8 de maio de 1898 - 14 de janeiro de 1974), que chegou ao Brasil em 1923. Foi feito em puro mármore travertino e sua execução foi confiada ao engenheiro alemão radicado no Brasil, Ulrich Edler.

    Na área do Parque do Ibirapuera

    ABERTO 24 HORAS

  • MONUMENTO A DUQUE DE CAXIAS

    Estátua de bronze patinado (cavalo e cavaleiro) retratando as batalhas do Duque de Caxias. A ideia de construção do monumento, surgiu em 1939. O general Maurício José Cardoso, então comandante da 2ª Região Militar, iniciou o movimento para a arrecadação de fundos junto à comunidade paulistana. Em 1941, um concurso internacional de maquetes foi promovido e Vitor Brecheret foi o vencedor.

    Praça Princesa Isabel - Campos Elíseos

    ABERTO 24 HORAS

  • MARCO ZERO DA CIDADE DE SÃO PAULO

    É um monumento geográfico localizado na Praça da Sé, zona central da cidade, em frente à Catedral. O prisma hexagonal revestido de mármore representa o centro geográfico da cidade, onde todas as medições de distância situadas nas placas toponímicas da mesma são estabelecidas. Assim, quanto mais próxima do monumento (ou do centro da cidade), mais baixa será a numeração das casas de uma rua.No totem Hexagonal, a cidade de Santos é representada por um navio a vapor, o Estado do Paraná por uma Araucária, Rio de Janeiro por uma bananeira e o Pão de Açúcar, Minas Gerais pelo equipamento de mineração, Goiás através de instrumento usado no garimpo e Mato Grosso pelos bandeirantes. Obra do artista francês Jean Gabriel Villin

    Praça da Sé

    ABERTO 24 HORAS

  • MUSEU DA IMAGINAÇÃO

    Espaço cultural de lazer, lúdico e muito divertido, instalado no bairro da Lapa, em São Paulo, desde janeiro de 2017. O espaço oferece uma proposta diferente de lazer e cultura para crianças, que explora a imaginação através de exposições de arte interativas e estações de atividades lúdicas, onde as crianças podem tocar, usar, pular, correr e brincar livremente. As questões, hipóteses e significados são construídos pelas crianças, inclusive portadoras de necessidades especiais, sem condução de adultos e com total autonomia no espaço. O museu oferece monitores treinados para serem facilitadores das brincadeiras, sem intervirem no processo criativo e imaginativo das crianças.

    Rua Ricardo Cavatton, 251 - Lapa/SP

    TER-DOM: primeiro turno das 10h e segundo turno as 14h (3 horas de visita)

  • ACERVO ARTISTICO-CULTURAL DOS PALÁCIOS DO GOVERNO DO ESTADO DE SP

    No alto do Morumbi, na capital de São Paulo, está situado o Palácio dos Bandeirantes. Construído originalmente para sediar a Universidade Comercial Conde Francisco Matarazzo na década de 1940, o edifício foi adquirido, em 1964, pelo Governo do Estado, para abrigar a sede administrativa, a ser transferida do Palácio dos Campos Elíseos no ano seguinte. O acervo proveniente do Palácio dos Campos Elíseos foi complementado com a aquisição de pinturas, esculturas, desenhos, gravuras, móveis, louças, prataria e tapeçaria, do século XVII ao XXI. Em 1977, o edifício foi aberto à visitação pública, assumindo sua vocação de palácio-museu, em paralelo às demais funções

    Av. Morumbi 4500

    TER-DOM: 10h às 16h | SAB-DOM: 10h às 18h | FECHADO: SEG

Em função da pandemia, alguns locais estão e outros alteraram seu horário de funcionamento.

Central de Reservas:  +55 11 5555-8393

WhatsApp_Logo_2.png
SPRF-pequeno-3cm.png